Domingo, 17 de dezembro de 2017

 

HOME > CORREIO BRAZILIENSE SOLIDÁRIO

Correio Braziliense Solidário
Correio Braziliense Solidário

No grupo Diários Associados cada empresa tem autonomia para se lançar em projetos de responsabilidade social que espelhem o mesmo espírito solidário demonstrado por Assis Chateaubriand. E solidário, é a palavra adequada para nomear este programa lançado pelo Correio Braziliense em 2003.

Assim como Chateaubriand usava a força de seus veículos de comunicação para envolver a sociedade em projetos dessa natureza, a Direção do Correio Braziliense se valeu do prestígio e influência do maior jornal do Distrito Federal de modo a mobilizar a comunidade brasiliense a participar de ações solidárias na Capital do País. A cada evento, mais e mais cidadãos aderem á iniciativa, beneficiando quem está na ponta, ou seja, a população carente do DF.

Em números, hoje o Programa atende 14 instituições no Distrito Federal, beneficiando mais de 3.000 crianças de 00 a 06 anos.

1.1 Eventos Solidários

O Correio Braziliense Solidário capta recursos realizando concorridos eventos para reunir a sociedade local, convidando-a a contribuir com essas instituições. Alguns exemplos: o Leilão Solidário, o Desfile Solidário, o Feijão Solidário, o Arraial Solidário e a Noite Solidária.

Outra forma de arrecadação se dá por meio de doações espontâneas de pessoas físicas e jurídicas; e ainda, parcerias institucionais com entidades e empresas promotoras de eventos o que eleva o volume de doações.

Para aprimorar o atendimento a essas instituições, o Correio Solidário está fechando para 2009 parcerias com Instituições de ensino e treinamento para ajudar na capacitação  dos profissionais que trabalham diretamente com as crianças. 

A transferência dos recursos para os beneficiados é acompanhada de perto, bem como sua aplicação, pelos responsáveis do Programa Correio Braziliense Solidário.

 

VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO

ANUNCIE EM NOSSOS VEÍCULOS

EMPRESAS DO GRUPO

FUNDAÇÃO ASSIS CHATEAUBRIAND

 

topo ^